мãє

O que não contaram sobre ser mãe

Posted on: 08/09/2008

O que não contaram sobre ser mãe

A chegada do bebê é uma experiência única. Mas com ela vêm dificuldades que jamais passaram por sua cabeça

 

Ana Cláudia Cruz e Danae Stephan (Quem)

 

O amor incondicional sumiu. Padecer no paraíso parece mais uma piada de gosto duvidoso. E a idéia de sair pela porta da frente de casa e nunca mais voltar passa pela sua cabeça, às vezes, mais de uma vez por dia. Se você é mãe, muito provavelmente já foi surpreendida por essas sensações. Pior, elas colocam em xeque tudo o que você idealizou a respeito da maternidade. Fique tranqüila! Conversamos com pediatras, psicólogos e mães para mostrar que tudo isso é normal e ajudá-la a diminuir o sentimento de culpa que costuma acompanhar a aventura da maternidade.

Esse momento único na vida das mulheres chega recheado de dificuldades. E é no consultório dos pediatras que elas aparecem. Esses médicos acompanham o desenvolvimento da família, nas consultas da criança, e acabam ouvindo dúvidas e queixas. Nos últimos anos, as mães passaram a se expor mais nas conversas com amigos e, com a Internet, ganharam novas formas de manifestar suas inquietações. Em blogs como o Mothern, criado por Juliana Sampaio e Laura Guimarães, muitas mulheres descobrem que não precisam se sentir como uma "louca descontrolada". Seus problemas são iguais aos de outras mães. Esse movimento não é só nacional. Nos EUA, em sites como o Urbanbaby (www.urbanbaby.com), há notícias e informações de serviços locais para pais residentes em regiões metropolitanas e uma área interativa em que dúvidas e queixas são compartilhadas.

A psicóloga Rita Calegari acredita que o fato de as mulheres estarem verbalizando suas dúvidas a respeito de ser mãe faz parte da evolução natural da revolução feminista. "No início discutimos o que há de profano na alma feminina, como a liberdade sexual, e agora começamos a discutir o lado sagrado, no qual se inclui a maternidade", afirma Rita. Ou seja, a liberação das mulheres está muito além da conquista do mercado de trabalho, da independência financeira e da sexualidade.


A reportagem O que não contaram sobre ser mãe retirei do site da revista CRESCER através do endereço eletrônico http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI3180-10510-1,00-O+QUE+NAO+CONTARAM+SOBRE+SER+MAE.html através de pesquisa na internet.
A imagem ilustrativa deste post retirei do site da Revista CRESCER através do endereço eletrônico http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/foto/0,,14528884,00.jpg através de pesquisa na internet.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: