мãє

SHANTALA, um ritual de carinho

Posted on: 05/03/2008

 

Citação

SHANTALA

 
 
SHANTALA
 
Conheça a massagem que, entre outros benefícios,
garante sono tranqüilo ao seu bebê.
 

A Shantala é uma massagem milenar indiana.  Ela foi primeiro ensinada em Kerala, no Sul da Índia, e desde então é uma tradição passada de mãe para filha.

Sua “descoberta” no ocidente aconteceu quando o médico francês Frédéric Leboyer, de passagem pela Índia, se deparou com a cena de uma mulher a massagear seu bebê. Seu nome era Shantala, ela era paralítica e estava numa associação de caridade em Pilkhana, uma favela de Calcutá.

O ambiente que Leboyer percorrera até então era completamente hostil, mas a cena da massagem fez com que a beleza e harmonia dos movimentos de Shantala transformasse tudo a sua volta.

Leboyer pediu para fotografá-la. Ela, admirada pelo interesse em uma prática tão simples e corriqueira, aceitou.

Durante dias ele acompanhou a massagem de Shantala em seu bebê, captando atentamente cada movimento. Após alguns dias de observação, finalmente foi fotografá-la. Leboyer fez o possível para que as fotografias exprimissem a profundidade e o amor envolvidos.

“O horror das ruas sórdidas que percorrera, dos pardieiros avistados, havia sumido por completo. Eu estava cego de tanta beleza e amor. Na verdade, o sol, numa explosão, fizera voar tudo em esplendor e iluminava a alegria por toda parte” LEBOYER, 1995

Em homenagem à essa mãe, Leboyer deu o nome da técnica de massagem em bebês de Shantala. Na índia essa prática não tem um nome específico, pois trata-se de uma atividade que faz parte dos afazeres diários das mães.

Graças à “descoberta” de Leboyer, e ao seu livro: SHANTALA, massagem para bebês: uma arte tradicional, a Shatala vem sendo cada vez mais utilizada em todo o mundo e cresce a cada dia o número de pesquisas científicas que objetivam comprovar seus benefícios.

Mas há um aspecto que transpõe as pesquisas científicas e suas comprovações: A relação Mãe-Filho/Pai-Filho. O Shantala proporciona um momento de intimidade e conforto, uma oportunidade de aprofundar este vínculo.

Os movimentos da Shantala

ü      Sente-se com as pernas esticadas para frente e deite o bebê sobre elas. Comece fazendo uma limpeza energética, esfregando uma mão na outra, para que as palmas fiquem aquecidas. Faça essa fricção com as mãos no alto da sua cabeça, para que a energia flua. Inspire e mentalize energia positiva para o seu bebê.

ü       Faça um triângulo com as mãos e leve até a altura do peito do bebê (sem tocá-lo com a distância de um palmo). Separe as mãos e vá contornando todo o corpinho da criança, sem tocá-la, e expire. A cada contorno terminado, chacoalhe as mãos (como se elas estivessem molhadas e você quisesse eliminar o excesso de água). Repita o procedimento por três vezes, mantendo a respiração.

ü       Passe o óleo em suas mãos e esfregue-as. Lembre-se de passar o óleo novamente, sempre que começar a massagear uma nova região (exceto o rosto do bebê).

ü      Com as mãos bem relaxadas e os dedos unidos, posicione-as no centro do peito do bebê. Deslize, horizontalmente, a mão esquerda até a axila de mesmo lado. Simultaneamente, faça o mesmo movimento à direita.

ü      Novamente, comece o movimento no centro do peito do bebê e, dessa vez, termine em cada um dos ombros dele.

ü       Começando o movimento pelo centro do peito da criança, suba uma mão de cada vez (formando um X), até o final do ombro. Deixe seus dedos chegarem embaixo da orelha dele. Sempre que a massagem for feita em movimentos alternados, inicie pelo lado esquerdo do bebê, que é o lado mais receptivo.

ü       Faça um círculo com as suas mãos, como se fosse um bracelete. Com uma delas, segure o pulso do bebê. Enquanto isso, a outra mão vem de encontro àquela que está segurando o pulso, partindo do ombro. Quando as mãos se encontrarem, alterne-as, dando continuidade o movimento funciona como se o braço do bebê fosse uma corda, que você puxa para escalar uma parede.

ü      Faça um movimento de rosca (uma torção suave) com as duas mãos, iniciando pelo ombro e descendo até o pulso do bebê.

ü      Apóie a mão do bebê, com a palma virada para cima, em uma das suas mãos. Use o seu polegar da outra para massagear a mão dele, partindo do pulso e chegando até a ponta dos dedinhos.

ü      Deslize sua mão espalmada e com os dedos unidos por toda a mãozinha do bebê.

ü      Aperte delicadamente os dedinhos do bebê, um a um, começando pelo polegar.

ü      Faça um movimento com as suas mãos em concha, da base das costelas até o começo dos genitais dele. Essa técnica é ótima para aliviar as dores da cólica. Se as dores forem muito fortes, intensifique o movimento.

ü      Segure as perninhas para o alto e, com o antebraço, continue massageando a região abdominal. Repita o mesmo movimento com as mãos.

ü      Faça um círculo com as suas mãos, como se fosse um bracelete. Com uma delas, segure o tornozelo do bebê. Enquanto isso, a outra mão vem de encontro àquela que está segurando o tornozelo, partindo da virilha. Quando as mãos se encontrarem, alterne-as, dando continuidade ao movimento.

ü      Apóie o pé do bebê em uma das suas mãos. Com a outra, deslize o polegar, massageando a sola do pezinho.

ü      Deslize sua mão espalmada e com os dedos unidos por todo o pé do bebê, tanto a sola como o peito.

ü      Aperte delicadamente os dedinhos do pé do bebê, um a um, começando pelo polegar e terminando no mínimo.

 

 

Saiba os cuidados que você deve tomar
para a prática da Shantala

Cuidados com o bebê

  • A Shantala é recomendada para bebês a partir de 1 mês de idade. Pode e deve ser praticada todos os dias. O tempo médio de duração é de 20 minutos.
  • O ideal é alimentar o bebê 40 minutos antes de fazer a massagem. Dessa forma, ele não estará com fome e tampouco de estômago cheio.
  • A massagem deve ser confortável e prazerosa para o bebê. Se ele apresentar alguma resistência, pare e tente novamente em outra ocasião. É comum o bebê reclamar nas primeiras tentativas.
  • Evite a massagem quando o bebê estiver resfriado ou com febre, pois ela ativa a circulação podendo elevar a temperatura ainda mais. Também evite no caso de diarréia, pois o efeito relaxante pode intensificar o estado.

  • Cuidados com a mãe

  • A atenção da mãe deve estar totalmente voltada para a criança. Uma boa opção é tomar um banho ou fazer uma seção de relaxamento antes da Shantala, para se desligar das preocupações e tensões do dia-a-dia.
  • A mãe ou a pessoa que for realizar a massagem deve retirar anéis, bijuterias e relógios para não machucar o bebê.
  • A mãe deve estar com as pernas desnudas, mas se tiver calor é bom colocar um lençol bem fininho em cima das pernas.
  • Os benefícios da Shantala são o resultado de uma sequência de movimentos. Portato, se for preciso interromper a sequência, retorne desde o começo.
  • Prepare o ambiente

  • Crie um ambiente relaxante e calmo para realizar a Shantala, longe de interrupções e interferências externas.
  • Coloque uma música ambiente bem leve e em volume baixo.

  • A iluminação também pode ajudar. As cores azul e verde são acalmantes. Para o bebê mais preguiçoso, o ambiente deve estar bem iluminado.
  • A massagem pode ser feita ao ar livre. Mas a criança não deve ficar exposta diretamente ao vento ou ao sol forte. Durante o inverno, faça em um ambiente fechado e aquecido.


  • *A citação ‘SHANTALA’, retirei do spaces http://alexandragraal.spaces.live.com através de pesquisa na internet.

    *As imagens ilustrativas retirei do blogspot http://naturalchoice.blogspot.com/2007/09/shantala-i.html e do blogger http://bp1.blogger.com/_ouFdVw2vCSo/RwQ6nlV9RII/AAAAAAAAACA/PNfAB0blgZ8/s1600-h/shantala.png através de pesquisa na internet.

    *As informações sobre ‘Os cuidados para a prática da Shantala’ retirei do site http://www.acessa.com/viver/arquivo/vida_saudavel/2003/12/26-shantala/historia.apl através de pesquisa na internet.

    *Informações adicionais vocês podem estar conseguindo no Livro de Fréderick Leboier intitulado de SHANTALA – UMA ARTE TRADICIONAL: MASAGEM PARA BEBÊS. Da editora Ground.

    Anúncios

    1 Response to "SHANTALA, um ritual de carinho"

    Adorei as informações sobre a Masagem para Bebês…
     
    No site da Natura também tem informações precosas sobre este assunto.

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    w

    Conectando a %s

    Anúncios
    %d blogueiros gostam disto: