мãє

Archive for the ‘Gravidez Semana a Semana’ Category

Gravidez Semana a Semana

Semana 5

O bebê já tem de 5 a 6 mm, é do tamanho de um grão de arroz e os órgãos começam a se formar.

O bebê

Já se pode falar em um ser humano, apesar dele ainda estar no período embrionário. O bebê tem de 5 a 6 mm, o que corresponde a um grão de arroz. Os órgãos começam a se formar.

A mãe

Você pode sentir enjoo, sobretudo pela manhã, ou um aumento de salivação. Talvez sinta dor nas mamas. Seu cérebro está comandando uma operação gigantesca, hormônios bombardeiam sua corrente sanguínea, dentro de você a vida está acontecendo. Que tal sair e comprar o primeiro sapatinho?
Ah, e acostume-se a passar hidratante todos os dias, para prevenir o aparecimento de estrias.

O pai

É gentil você ajudar nas compras de supermercado para que sua mulher não carregue peso.
O futuro papai só pensa naquilo: será que pode ter relações sexuais nesse período? Não machuca o bebê?
Pode ter relações, sim, e não vai machucar o bebê. Escolham posições confortáveis e prazerosas.

Semana 6

Você deve está louca para ver o bebê, quer fazer um ultrassom, mas não é a hora.
Papai, seja paciente com os mal-estares e a oscilação de humor.

O bebê

O coração do bebê está em desenvolvimento e formam-se as quatro cavidades.. O bebê já mede entre 8 e 11 mm.

A mãe

Seu corpo começa a mudar: seios fartos (às vezes bem doloridos), a cintura um pouco mais grossa. Nessa fase, é comum você sentir-se menos estimulada para o sexo, a libido fica mesmo mais baixa. Além disso, sua atenção está toda voltada para a gestação, sobretudo se você anda sentindo enjoos.
Tenha cuidado com a dentição. Converse com seu dentista e marque um acompanhamento. Além disso, você deve está louca para ver o bebê, quer fazer um ultrassom, mas não é a hora. Tente conter a ansiedade!

O pai

Como a libido de sua mulher anda em baixa, o melhor é abusar dos carinhos. Esse momento é mágico, mas cheio de dúvidas para o casal. Seja paciente com os mal-estares e com a oscilação de humor. Logo, eles vão passar!

Semana 7

O sexo é decidido na sétima semana de vida do embrião, apesar de ser determinado no momento da fecundação.
Nesse período é comum não engordar ou até perder peso.

O bebê

O sexo é decidido na sétima semana de vida do embrião, apesar de ser determinado no momento da fecundação. Nessa fase o tamanho do bebê é de cerca de 25 mm, o coração dele bate mais ou menos 150 vezes por minuto e já estão definidos os olhos, nariz, lábios, orelha, órgãos internos e sistema nervoso central. Fofo, né?

A mãe

Psicologicamente, você começa a ter a sensação que vai menstruar a qualquer momento, porque a progesterona – que é o mesmo hormônio da TPM – está alta, para manter a gravidez. Fique tranquila, isso é normal.
Nesse período é comum não engordar ou até perder peso, pois seu apetite está alterado e talvez você não consiga comer em grandes quantidades. Se tiver enjoos é melhor comer – pela manhã – duas bolachas de água e sal, antes de escovar os dentes. Isso ajuda a minimizar o enjoo matinal e a rejeição pelo café da manhã.
Uma dica de estética: a pele pode ficar com algumas manchas, por causa dos hormônios. Não esqueça de usar protetor solar todos os dias e evite pegar sol diretamente entre 10h e 16h.

O pai

Como sua mulher não está muito a fim de comer e sente enjoo facilmente, que tal evitar aqueles programas mais sociais? Pense em convidar amigos ou familiares para reuniões em casa. Como esses incômodos passam logo, não precisa abrir mão dos programas culturais e mesmo das atividades sociais. Apenas fique atento ao estado da sua mulher!

Semana 8

A mulher começa a sentir desejos e não é frescura. Ela precisa compensar alguma deficiência nutricional ou estabilizar alterações hormonais.

O bebê

O embrião está na transição para feto, já tem o aspecto humano e todos os órgãos. O bebê cresceu rápido e já cabe na palma da mão de uma mulher, pois ele tem cerca de 31 mm.

A mãe

Sim, você pode sentir desejos e não pense que é frescura. Desejos são sinal de que alguma deficiência nutricional precisa ser compensada ou de que as alterações hormonais ainda precisam se estabilizar. Normalmente o desejo está ligado aos sabores cítricos ou a coisas muito doces.
As mesmas alterações no seu organismo podem provocar dores de cabeça diárias, mas fraquinhas, que passam com o analgésico prescrito pelo médico.
Atenção no trabalho: geralmente nesse período, por causa desses incômodos, você pode pedir para ser poupada de algumas atividades, caso sua função profissional exija longos períodos em pé, movimentos de agachar e levantar ou subir escadas com frequência. Se puder, aproveite para descansar um pouco a cada hora, tente manter a coluna sempre ereta e não esqueça de informar ao seu médico qualquer desconforto para que ele possa orientá-la.

O pai

Nessa fase, sua mulher pode ter aqueles famosos desejos e você vai ter que providenciar qualquer doce ou salgado que ela queira e que vão suprir deficiências nutricionais ou ajudar a estabilizar algumas alterações hormonais. Mas, calma, se não conseguir comprar jaca mole com “marshmallow”, fique sossegado: o bebê não vai nascer com cara disso…
Bom, pelo menos, quando sair de madrugada para satisfazer um desejo dela, conte para todo mundo…Vocês vão dar boas risadas!

Cuidados para estas semanas

Pode

  • Descanse pelo menos 10 minutos a cada 2h de trabalho
  • Cafe – 4 xícaras por dia
  • Dormir bem
  • Nadar
  • Fazer ginástica de baixo impacto (pilates, por exemplo)
  • Fazer drenagem linfática para gestante
  • Viajar de avião

Não pode

  • Controlar consumo de sal e refrigerantes
  • Carregar peso

Dicas úteis

  • Procure uma dermatologista para orientação e prevenção no controle de manchas, celulite e estrias durante a gestação

Créditos: Todas as imagens gentilmente cedidas pelos usuários foram obtidas através de técnicas sofisticadas de ultrassonografia, inclusive em 3D

*A imagem ilustrativa deste post retirei do site http://www.net-bebes.com/wp-content/uploads/2009/11/confirma%C3%A7%C3%A3o-gravidez1.jpg através de pesquisa na internet.

*As informações acima retirei do site http://delas.ig.com.br/filhos/gravidez/5a8semana/ através de pesquisa na internet.

Gravidez Semana a Semana

Semanas 1 e 2

“Grávida não come por dois nem faz dieta. Você deve fazer seis refeições bem equilibradas por dia, a cada três horas”

O bebê

O ovo ou zigoto se forma com a fecundação do espermatozóide com o óvulo. Ele, conterá 46 cromossomos e 48 mil genes, com os fatores hereditários do pai e da mãe. 24 horas depois da fecundação, o ovo se divide em duas células, que se dividem em quatro e assim por diante…
O zigoto começa a produzir um hormônio especial, que é exclusivo da gravidez – a gonadotrofina coriônica, cuja missão é proteger o feto e colá-lo na parede uterina.

A mãe

Parabéns, você está grávida!
A primeira consulta ao obstetra vai ser longa porque você terá muitas dúvidas e todas devem ser respondidas. Seu médico vai pedir exames laboratoriais de sangue, urina e fezes. No exame médico, ele vai medir a pressão arterial e o pulso, vai verificar seu peso e examinar os seios.
A orientação dietética é essencial: coma mais vezes ao dia, em menor quantidade. Esqueça aquele ditado que grávida come por dois! Coma com qualidade e fragmentado em seis refeições ao dia, a cada três horas. Pare de fumar e peça para seu companheiro não fumar no mesmo ambiente que você estiver.

O pai

Parabéns, você vai ser pai!
A primeira coisa a fazer é escolher o time de futebol para o qual o bebê vai torcer – claro que o mesmo que o seu! Depois, vêm as dúvidas sobre o desenvolvimento do bebê durante a gestação e a preocupação com a saúde da esposa. Nesse momento, toda informação é importante para que os próximos meses sejam preenchidos de muita alegria, saúde e compreensão. Primeira atitude de pai: pare de fumar no ambiente onde estiver a gestante.

Semanas 3 e 4

“Cuidado com produtos químicos. Evite usar aqueles com amônia, por exemplo, como as tinturas para cabelo e alguns produtos de limpeza”

O bebê

A placenta começa a se formar. É um órgão inteligente, um filtro que escolhe o que o feto necessita e o que ele rejeita. O bebê está cercado de água, o líquido amniótico, que contém glicose, sais e serve para ajudar as trocas entre o organismo materno e o feto e ainda protege o bebê.

A mãe

Por ora, evite os exercícios físicos de impacto, como: step, musculação, corrida, jogar tênis ou fazer cavalgada. Prefira as caminhadas, alongamentos e ioga. Aproveite o ritmo mais calmo do exercício para ir acolhendo o bebê no seu corpo, na sua vida.
É bom tomar cuidado com produtos químicos como a amônia. Por isso, acostume-se a ler os rótulos das tinturas para cabelo e dos produtos de limpeza.
O médico prescreverá por três a quatro meses o ácido fólico, 5 mg, que ajudará na placentação e formação de tubo neural (o sistema nervoso central do bebê).

O pai

A placenta começa a se formar. É um órgão inteligente, um filtro que escolhe o que o feto necessita e o que ele rejeita. O bebê está cercado de água, o líquido amniótico, que contém glicose, sais e serve para ajudar as trocas entre o organismo materno e o feto e ainda protege o bebê.

Cuidados para estas semanas

Pode

  • Tingir o cabelo com produto sem amônia
  • Fazer caminhada, alongamento, ioga
  • Beber muita água
  • Comer em intervalos de 3h

Não pode

  • Fumar – pare imediatamente!
  • Fazer exercícios físicos de alto impacto (correr, step, spinning, artes marciais)
  • Tomar medicamentos sem prescrição medica

Dicas úteis

  • Procure uma nutricionista para manter uma dieta balanceada e adequada para toda gestação e uma personal para indicar as atividades físicas

Créditos: Todas as imagens gentilmente cedidas pelos usuários foram obtidas através de técnicas sofisticadas de ultrassonografia, inclusive em 3D

*As informações acima retirei do site http://delas.ig.com.br/filhos/gravidez/  através de pesquisa na internet.
 
 

Introdução

 

Minha Gravidez Semana a Semana

Vamos apresentar um guia da gestante que traz informações sobre você e seu bebê durante toda a gestação, semana a semana.

Lembre-se sempre que cada bebê se desenvolve de uma maneira única, sua gravidez não será igual de sua amiga, por exemplo. São informações generalizadas do que normalmente ocorre em cada período da gestação. Nunca substitua sua consulta médica baseando-se somente às orientações deste guia. Use o guia para complementar a consulta com seu médico.

Por que sua conta nunca bate com a conta do médico?

O médico começa a contar desde o primeiro dia do último período menstrual (quando a mulher não sabe dizer o dia exato da concepção), ou seja, provavelmente duas semanas antes do óvulo ter sido fecundado. O cálculo também é feito por semanas, ao invés de meses. Por exemplo, 4 semanas é igual a 28 dias, que resulta em um mês lunar (aproximado). Diferente de um mês que você está acostumada, que em geral tem 30 ou 31 dias, o que dificulta a contagem. Portanto, para este serviço iremos considerar que a gravidez dura em média 280 dias ou 40 semanas.

O pré-natal é muito importante para que se tenha uma gravidez tranqüila e um ótimo desenvolvimento do seu bebê. A primeira consulta acontece quando você ainda suspeita da gravidez e segue por acompanhamento mensal, quinzenal a partir de 32 semanas, e semanal a partir de 38 semanas se tudo ocorrer sem problemas.

Conhecer as transformações e sintomas que ocorrem no seu corpo durante a gravidez é estar preparada para viver essa fase segura e tranqüila.

ATENÇÃO! A medida do bebê dentro da barriga da mãe, que será informada aqui, é a medida feita da cabeça do bebê até o bumbum (céfalo-caudal).

1º mês lunar

 

1º mês lunar – 1ª semana

Minha Gravidez Semana a Semana

A primeira semana é a semana da sua última menstruação, já que o médico não consegue saber com exatidão o dia da concepção.

A ovulação, ou seja, a liberação do óvulo pelo ovário, ocorre 14 dias antes da próxima menstruação. Em ciclos menstruais de 28 dias, ocorre na metade.

Assim, o corpo começa a se preparar para receber um novo óvulo que poderá ser fecundado. Dentre as modificações maternas, o endométrio, camada mais interna do útero, prolifera para receber o ovo (óvulo fecundado) e o muco cervical torna-se menos consistente, facilitando a passagem dos espermatozóides através do colo uterino. No dia da ovulação, o corpo pode ter sua temperatura elevada em 1°C. O óvulo liberado pelo ovário migra para a trompa.

O melhor é planejar a vinda do bebê, pois assim poderá evitar o uso de fumo, drogas, bebidas e anticoncepcionais no início da gravidez que podem trazer prejuízos ao desenvolvimento do bebê, preparando o seu corpo para que receba o embrião da melhor forma possível.

A importância do planejamento da gravidez

Existem ações que são feitas antes mesmo da gravidez começar que ajudam na prevenção de doenças.

Uma delas é a ingestão de ácido fólico três meses antes da concepção e no primeiro trimestre da gravidez. Essa atitude traz maiores benefícios para o fechamento do tubo neural do bebê e previne contra a chamada anemia macrocítica. O ácido fólico é encontrado em alimentos como brócolis, espinafre, gema de ovo, fígado, feijão, peixes, mas em quantidades insuficientes para suprir as necessidades da mulher que deseja engravidar.

Se o tubo neural não se fechar completamente provocará defeitos na coluna vertebral e problemas no desenvolvimento neurológico do bebê. A ultrassonografia de 2º trimestre é importante no diagnóstico de patologias associadas ao fechamento do tubo neural.

Às vezes só com alimentação a ingestão de ácido fólico não é suficiente. Seu médico saberá te indicar a dose certa.

2ª semana

Minha Gravidez Semana a Semana

A fecundação, isto é, o encontro do óvulo com o espermatozóide, ocorre ao fim da segunda semana, geralmente na trompa.

Um único espermatozóide de milhares contidos no sêmem do homem é capaz de fecundar o óvulo. Nesse momento, as características físicas do seu bebê são definidas como a cor dos olhos e cabelo, sexo e estatura.

O ovo ou zigoto, como o óvulo fecundado é denominado, passa a se dividir em milhares de células enquanto se dirige ao útero que se prepara para recebê-lo tornando-se mais espesso.

Álcool
O álcool usado excessivamente durante a gravidez traz sérios prejuízos ao desenvolvimento do seu bebê.

Uma mãe alcoólatra pode causar no seu bebê a "Síndrome fetal pelo álcool", que tem como seqüela o retardo mental.

Bebida alcoólica para a mamãe é desaconselhável.

3ª semana

Minha Gravidez Semana a Semana

Nesta semana o zigoto se implanta no endométrio (revestimento do útero) podendo ocorrer um pequeno sangramento que não prejudica a gravidez ou um corrimento vaginal intenso.

O zigoto continua a se multiplicar e desenvolver rapidamente. A partir do momento em que se implanta no útero, começa a formação da placenta.

A placenta alimenta o bebê durante toda a sua estadia dentro do útero. Ao fim da gravidez, esta pode chegar ao peso de 400g.

Se a mãe pudesse ver esse pequeno aglomerado de células, o tamanho seria de uma cabeça de alfinete.

Nenhum sintoma é sentido pela mãe ainda. Só uma mulher que conhece muito bem seu corpo e estiver muito atenta a qualquer sintoma diferente saberá que está grávida.

Cigarro
Ficar longe dos cigarros e de pessoas fumantes é a melhor opção da futura mamãe. Os cigarros, além dos prejuízos para a mamãe, podem causar aborto, partos prematuros e baixo peso ao nascer, mesmo que o bebê não seja prematuro.

Precisa de mais para ficar longe dos cigarros? Claro que não.

4ª semana

Minha Gravidez Semana a Semana

A menstruação esperada não aparece. Aqui a suspeita da gravidez começa. Alguns sintomas podem começar, tais como seios doloridos e inchados, escurecimento da aréola, cansaço, sonolência e náuseas.

O zigoto mede um pouco mais de 1mm. Ele começa a se dividir em três tecidos diferentes (folhetos germinativos):

- ectoderma – que futuramente será pele, cabelos, olhos, esmalte dos dentes e sistema nervoso

- mesoderma – se transformará em esqueleto, músculos, rins, coração e vasos sangüíneos

- endoderma – formará os pulmões, fígado, sistema digestivo e o pâncreas.

A placenta ainda se desenvolve. Ela trará oxigênio e nutrientes para o embrião, além de produzir os hormônios da gravidez (progesterona e estrogênio). Ela está ligada ao embrião pelo cordão umbilical, em formação como a rede vascular, que fará trocas com o sangue materno.

Ao fim dessa semana, o zigoto apresentará também um tubo neural (que será o sistema nervoso), notocorda e intestino primitivo (arquêntero). O embrião estará alojado na parte superior do útero envolvido por uma bolsa cheia de líquido amniótico chamada de saco gestacional, que o protegerá de traumas e infecções até a 12ª semana ou 3 meses.

O líquido anmiótico se renova a cada seis horas e chega a 1 litro ao fim da gravidez.

Confirmação
A confirmação da gravidez pode ser diagnosticada através de exames de urina ou de sangue.

Todos têm grandes probabilidades de acerto, mas o exame de sangue é o mais precoce e confiável (a partir de 15 dias da concepção).

Tanto na urina como no sangue é identificado o hormônio gonadotrofina coriônica que só a placenta produz.


*A imagem ilustrativa deste post retirei do wordpress http://meumundoenadamaisevellyn.files.wordpress.com/2009/04/desenvolvimento_fetal.gif através de pesquisa na internet.
*As informações sobre a Gravidez Semana a Semana retirei do site http://guiadobebe.uol.com.br/gravidez/minha_gravidez_semana_a_semana.htm através de pesquisa na internet.
*O vídeo da Discovery Channel (The Ultimate Guide Pregnancy) – "Da concepção ao parto" leva os telespectadores ao interior do útero humano, através de imagens impressionantes em terceira dimensão e impossíveis de serem vistas a olho nu retirei do site http://www.youtube.com/watch?v=QvEFUTqzQzQ através de pesquisa na internet.
*As informações sobre a 1ª semana retirei do site http://guiadobebe.uol.com.br/gravidez/1_semana.htm através de pesquisa na internet.
*As informações sobre a 2ª semana retirei do site http://guiadobebe.uol.com.br/gravidez/2_semana.htm através de pesquisa na internet.
*As informações sobre a 3ª semana retirei do site http://guiadobebe.uol.com.br/gravidez/3_semana.htm através de pesquisa na internet.

*As informações sobre a 4ª semana retirei do site http://guiadobebe.uol.com.br/gravidez/4_semana.htm através de pesquisa na internet.

 

Citação

Semanas Gestacionais

  17  Semanas
         de trasformações      

Com 100g, o bebê agora mede 12cm.

Uma camada de gordura subcutânea (tecido adiposo) se forma para controle de temperatura do bebê, mas a pele continua translúcida.

O bebê boceja e já tem impressões digitais. A barriga da mamãe está bem arredondada. A partir dessa semana é possível sentir o bebê mexer.

Devido ao aumento da pressão sanguínea, poderá haver sangramentos em gengivas e nariz da mamãe. Não se assuste.

Não se esqueça de você!

Converse com seu médico sobre as possibilidades de se fazer atividades físicas. Fazer atividades físicas melhora a circulação sanguínea, você relaxa e descansa.

Algumas atividades como hidroginástica, ioga para gestantes, massagem linfática e relaxamentos são muito indicados.

18  Semanas
         de trasformações      

O bebê mede entre 12 e 14cm e pesa quase 150g.

Ele escuta seus batimentos cardíacos e os barulhos que o sangue faz ao correr pelo cordão umbilical e um pouco mais para frente escutará tudo o que a mamãe falar.

As retinas se tornam sensíveis à luz e os ovários das meninas já estão diferenciados. O ideal é que a mamãe tenha ganhado cerca de uns 5kg.

Os movimentos do bebê serão sentidos mais fortes. O útero está 2 cm abaixo do umbigo.

Compras
Aproveite esse trimestre da gravidez para fazer o enxoval e comprar os móveis do quarto do bebê, pois já não existe o mal-estar do início da gravidez, o perigo do abortamento passou e o peso da barriga ainda não atrapalha na respiração e caminhada.

É bom visitar maternidades para escolher a que melhor se encaixe em suas necessidades como localização e equipe especializada. 

19  Semanas de trasformações       

O comprimento do bebê deve variar entre 13 e 15cm e pesar 200g.

Nessa fase de gravidez, os sistemas circulatório, digestivo e urinário funcionam integralmente. O bebê muda de posição e responde a estímulos externos como luz e som.

Os dentes começam a se desenvolver. Nessa semana (ou na próxima) já é hora de fazer um outro ultra-som, o morfológico, para ver tamanho e peso do bebê, idade gestacional e verificar como está coração, placenta e cordão umbilical.

O peso extra pode afetar na postura da mulher que já não fica com a coluna ereta, causando dores. Use sapato baixo e tome banhos quentes para aliviar as dores.

Seu peso hoje
Só por curiosidade, no seu ganho de peso até agora pode contar que:

200g é o seu bebê

170g a placenta

320g o líquido aminiótico,

320g o útero

180g cada seio

O restante do seu peso refere-se a líquidos retidos fora da circulação sanguínea e gordura armazenada principalmente no abdome inferior, quadris e coxas. Portanto, o ganho considerado de peso é algo absolutamente normal.

20  Semanas de trasformações

O bebê nesta semana mede cerca de 16 cm e pesa 260g.

Forma-se uma secreção das glândulas sebáceas sobre a pele, o vernix, que tem a função de proteger a pele do feto que está imersa no líquido amniótico.

O sistema nervoso está mais complexo e os cinco sentidos do bebê estão desenvolvidos. O segundo exame ultrassonográfico, se possível com avaliação morfológica, deve ser realizado entre 18 e 24 semanas, para se avaliar o crescimento fetal, identificar as estruturas do feto e determinar o sexo fetal.

Nesse período de gestação, o útero está na altura do umbigo. Roupas leves e confortáveis devem ser usadas. Entramos na metade da sua gravidez.

Muito cansaço
Se você se sentir muito cansada, converse com seu médico. Isso pode ser sintoma de anemia que é ruim tanto para a futura mamãe quanto para o bebê.

Anemia nada mais é que falta de ferro no organismo. O ferro ajuda na formação dos glóbulos vermelhos importantes na oxigenação.

Os alimentos onde se encontra o ferro são carne vermelha, gema de ovo, fígado e vegetais verde-escuros. Caso precise, seu médico receitará suplemento de ferro.

*As imagens retirei do space abaixo através de pesquisa na internet.

By http://meuconforto.spaces.live.com/blog/

*As informações sobre as ‘semanas gestacionais’ retirei do site abaixo.

By http://guiadobebe.uol.com.br/gssemana

 

13ª semana

O bebê pode chegar a 78mm de comprimento e pesar em torno de 20g.

O feto está completamente formado, cabeça e corpo estão ficando proporcionais.

Agora se inicia a fase de maturação dos órgãos. Engole líquido amniótico e o excreta como urina no próprio líquido que é renovado a cada três horas.

O útero ocupa a parte superior da pelve, mais ou menos 10cm abaixo do umbigo. Alguns quilos a mais aparecem e a irritabilidade diminui. Fique atenta a todos sinais de seu corpo.

Conhecendo seu corpo – parte I
Você sabe para quê serve o útero e o líquido amniótico?

O útero é o órgão que guarda e protege o feto, líquido amniótico, placenta e cordão umbilical. Ele se contrae na hora do parto expulsando o bebê de dentro do corpo da mamãe.

Já o líquido amniótico não deixa a parede do útero apertar e sufocar o bebê. Outra função é de isolar o bebê do frio e do calor. Amortece os possíveis socos e empurrões que a mamãe levar na barriga.

14ª semana

O comprimento do feto varia de 80 a 93mm com peso estimado em 25g.

Aparece o lanugo, penugem protetora, em todo corpo do bebê. Olhos e orelhas estão na posição correta. Já tem sobrancelhas e as bochechas e a ponta do nariz começam a aparecer.

Se for menino, a próstata começa a aparecer. Nas meninas, os ovários descem até a pelve.

O coração da mamãe bate mais forte e rápido para bombear o maior volume de sangue.

Seu útero está do tamanho de um abacate. Os seios começam a se preparar para produzir o colostro, o primeiro alimento do bebê.

Conhecendo seu corpo – parte II
Agora falaremos da placenta e do cordão umbilical.

A placenta permite que o embrião não seja expelido pelo organismo da mulher por ser considerado um corpo estranho. Deixa que o bebê faça trocas com o organismo da mãe só de substâncias boas para ele, o que não é boa a placenta não deixa passar. O crescimento intra-uterino depende muito do bom funcionamento da placenta.

O cordão umbilical é constituído de duas artérias e uma veia. Vai do umbigo do bebê até a placenta. As artérias levam o sangue com impurezas do bebê para que faça trocas com o organismo da mamãe. Assim, a veia traz de volta o sangue limpo e rico em nutrientes e oxigênio.

15ª semana

Seu bebê ao fim dessa semana deve medir 103mm e pesar 50g.

Os cabelos começam a aparecer e os ossos ficam cada vez mais duros por causa da retenção de cálcio. Os braços dobram as articulações.

Através do ultra-som, é possível distinguir o sexo do bebê. Mas às vezes esse bebê “apronta” e por causa de sua posição não será possível a identificação do sexo.

A mamãe já pode localizar o bebê abaixo do umbigo tateando com as mãos. Dificilmente agora poderá esconder que está grávida, até o quadril está mais largo.

Sexo na gravidez
Sexo na gravidez não faz mal a você nem ao seu bebê. O bebê está protegido e o pênis não o alcança.

O sexo vai depender do seu estado emocional, pois com o turbilhão de hormônios que a gravidez provoca a libido fica alterada. Algumas mulheres sentem mais vontade de fazer sexo enquanto outras não.

A relação sexual só é contra-indicada em alguns casos de histórico de aborto e quando há perda de líquido amniótico ou sangue.

16ª semana

Nesta semana o comprimento do bebê deve variar entre 108 e 116mm e o peso é de 80g.

As pernas estão mais longas que os braços. O bebê já faz algumas expressões faciais como franzir a sobrancelha e caretas. Que bonitinho!

Ainda é difícil sentir os movimentos do bebê. Agora que está completamente formado, as preocupações ficam para o crescimento e desenvolvimento.

Os seios estão mais sensíveis e o útero pode ser sentido abaixo do umbigo.

Nessa fase, os médicos podem pedir alguns exames de nomes estranhos como alfa-fetoproteína, que serve para indicar problemas como anencefalia e espinha bífida, e a amniocentese, feito com a coleta do líquido amniótico para verificar a existência de algumas doenças genéticas, a maturidade pulmonar, a idade e o sexo do bebê.

Cuidados com os seios
Com os seios sensíveis e doloridos, às vezes até com amortecimento da aréola e veias proeminentes, o uso de sutiãs confortáveis e firmes são indicados.

Não precisa preparar os mamilos para a amamentação como se imagina. Quando o bebê nascer você receberá orientações de como amamentar seu bebê. Se preocupe em obter informações sobre posicionamento e a importância de se amamentar. A dor na hora de amentar, que algumas mães reclamam, está relacionada a maneira errada como a boca do bebê se posiciona no seio da mãe.

 

*A imagem retirei do space abaixo através de pesquisa na internet.

By http://osonho.spaces.live.com/

*As informações sobre a ‘Gestação Semana a Semana’ retirei do site abaixo.

By http://guiadobebe.uol.com.br/gssemana

 

Citação

Desenvolvimento do embrião e do feto

http://digilander.iol.it/camminocondio/ass_ne/nascere_per_vivere.htm

3º mês lunar

9ª semana

O tamanho do embrião deve ser do tamanho de uma uva, com cerca de 28mm e pesando cerca de 4g.

Ele tem um tamanho desproporcional. Sua cabeça é bem maior em relação ao seu corpo, como seus membros superiores são maiores que seus membros inferiores.

Sua pele é tão fina quanto a pálpebra que cobre seus olhos. O clitóris se forma (caso o bebê seja do sexo feminino), mas ainda não é possível saber o sexo do bebê.

Pescoço está bem desenvolvido assim como suas mãos, pés e orelhas.

As gengivas da mamãe podem dar uma amolecida, os cabelos ficam menos oleosos e a pele mais limpa. As roupas usuais já estão mais apertadas, precisando de novos sutiãs e roupas mais confortáveis.

Informações orais
As mamães podem apresentar problemas dentários durante a gravidez.

Esses problemas sempre estiveram associados à falta de cálcio no organismo. Hoje se sabe que acontece uma alteração na saliva das gestantes por causa dos hormônios da gravidez que provocam cáries e sangramentos gengivais.

10ª semana

Começa o período fetal. O embrião agora é chamado de feto. Seu comprimento varia de 30 a 42mm e seu peso aproximado é de 5g.

Cerca de 250 mil novos neurônios são produzidos a cada minuto. O coração está pronto. Os olhos deslocam-se para frente e os dedos começam a separação.

Já se passou a fase crítica de malformações congênitas, mas fique sempre atenta, pois drogas e raio-X ainda atrapalham o desenvolvimento do feto.

Através da ultra-sonografia já é possível medir a translucência nucal que pode afastar o diagnóstico de Síndrome de Down.

O corpo da mamãe está mais redondo, a glândula tireóide está maior devido ao aumento de hormônios. Isso provoca sensibilidade, irritação e choro fáceis.

Por outro lado, o mal estar como os enjôos e azia diminuem.

Quarto do bebê
A futura mamãe já pode começar a pensar no projeto do quarto do bebê.

Conferir lojas ou revistas especializadas podem ajudá-la com dicas desde decoração, cores e temas, quais móveis necessários até sobre segurança dentro do quarto e o que pode provocar alergias.

11ª semana

A medida do feto pode variar e chegar até 60mm e pesar 8g.

Sua cabeça é metade do corpo, pois o cérebro cresce rápido.

O intestino já é capaz de realizar movimentos peristálticos (pequenas contrações naturais). Nascem folículos de pêlo sobre a pele, assim como as unhas. É possível observar estômago e bexiga.

A mamãe pode sentir mais calor nessa fase. Há um aumento do volume de sangue no corpo que também provoca crescimento mais rápido de unhas e cabelos.

Sexo do bebê
Daqui a algumas semanas já será possível detectar o sexo do seu bebê (18ª semana), que é determinado desde da concepção. É o espermatozóide o qual fecunda o óvulo que determinará o sexo do bebê, sabe por quê?

Porque as mulheres têm cromossomos sexuais do tipo XX e os homens do tipo XY. O embrião leva um cromossomo da mamãe e outro do papai.

Sendo a mulher XX, o óvulo que produzirá terá o cromossomo X, já os espermatozóides podem levar o cromossomo X ou Y.

Se o espermatozóide que fecundar o óvulo conter o cromossomo X, o embrião ficará com dois cromossomos X, o que determina o sexo feminino. Agora, se o espermatozóide que fecundar o óvulo conter o cromossomo Y, o embrião terá os cromossomos XY, o que determina o sexo masculino.

Ou seja, se os pais programarem um menino e nascer uma menina, por exemplo, a “culpa” é toda do papai, que mandou um X em vez de Y.

12ª semana

O comprimento do feto neste período é de 61mm e seu peso de 13g.

A face do bebê já tem aspecto humano. Os dedos das mãos e dos pés estão separados e as unhas continuam crescendo.

Ainda não é possível senti-lo, mas ele se movimenta bastante dentro do útero. A placenta agora é responsável pela sua nutrição.

A boca abre e fecha e pode sugar e engolir líquidos que o envolve. Seu corpo começa a produzir alguns hormônios.

Por volta dessa semana é possível em alguns casos ouvir os batimentos cardíacos do bebê em sua consulta médica.

Agora a mamãe já não sente enjôos, azias ou dores nos mamilos. Em algumas mulheres já se pode notar uma “barriguinha”, já que o útero cresceu um pouco.

A vontade de ir ao banheiro aumenta, já que o crescimento do útero comprime a bexiga.

Até aqui, um exame ultrassonográfico deve ter sido realizado para confirmar a idade gestacional (6ª a 12ª semana), para avaliar a viabilidade da gravidez e para medir a translucência nucal (10ª a 12ª semana).

Alerta
Procure seu médico imediatamente se caso você comece com sangramento vaginal ou corrimento vaginal forte, dor ou alteração abdominal, dores de cabeça fortes e constantes, dor ou sensação de ardor ao fazer xixi, vômitos freqüentes, desmaios ou confusão mental.

Quanto mais cedo for diagnosticada a causa desses sintomas melhor será o prognóstico.


*A citação ‘Desenvolvimento do embrião e do feto’ retirei do space abaixo através de pesquisa na internet.

By http://ciclodavida.spaces.live.com/

*As informações sobre o ‘3° Mês Lunar’ retirei do site abaixo.

By http://guiadobebe.uol.com.br/gssemana

 

Citação

Estou Grávida?

 
 
 
Você está grávida?
 
1. Verifique aqui os sintomas principais do começo de gravidez.
Entre os sintomas de começo de gravidez estão enjôos e vômitos (ou a ânsia de vomitar) não apenas pela manhã mas o dia inteiro muitas vezes.
Tonturas e dores de cabeça são menos comuns mas podem também acontecer e são normais.
Seios doloridos, especialmente em volta dos mamilos, e aquela vontade louca de ir ao banheiro (urinar) toda hora também fazem parte.
Não deixando de fora o fato de que você começou a sentir esses sintomas e a sua menstruação ainda não veio.
Não beba nem fume! Vá ao médico e boa sorte!

2. Quando eu vou começar a sentir minha gravidez?
Há mulheres que dizem que sabiam que estavam grávidas já no dia seguinte(do acontecimento) mas isso é realmente incomum. Toda mulher é bem diferente nesse ponto, mas nós vamos generalizar. Claro, a falta da menstruação é o primeiro sinal para a mulher. A sensibilidade dos seios vem geralmente depois de três semanas e enjôos e frequência urinária depois de quatro semanas.

3. Mudanças nos seios.
Para muitas mulheres, a sensibilidade e dor nos seios é o primeiro sinal de gravidez. Geralmente o aumento de tamanho e a dor já são sinais claros antes mesmo de um resultado de teste mais preciso.
Devido à ação de hormônios os seios vão aumentar de volume durante a gravidez. É um sinal positivo de que os seios estão se preparando para a amamentação.
Também um escurecimento dos mamilos poderá ser notado, juntamente com o aumento em diâmetro. Acredita-se que o escurecimento ocorre para ajudar o recém-nascido a focar o mamilo.
Durante o terceiro mês de gravidez o colostrum começa a aperecer. O Colostrum é um fluído amarelo rico em nutrientes que precede o leite e será o alimento do neném nas primeiras horas ou primeiros dias.
Algumas mulheres poderão notar um pequeno corrimento de colostrum nos seus seios e talvez até um pouco de sangue, mas não há motivo para preocupações. O sangue vem dos seios e é devido ao rápido crescimento de pequenos vasos sanguíneos.
No terceiro trimestre os seios continuam a crescer porque agora as bolsas de leite começam também a acordar.
O que a futura mamãe pode fazer de mais importante nessa fase é se informar. Amamentar é muito importante, não deixe seu filho fora dessa.

4. Náusea e enjôos: é normal?
É absolutamente normal. Mas pode também não ocorrer.
Pesquisas mostram que entre 60 e 80 % das mulheres sofrem de enjôos durante o primeiro trimestre da gravidez. Umas mais intensamente que outras. Todo esse enjôo e mal-estar significam que o seu corpo está tornando o ambiente mais receptível para o feto. E é um fato que, as mulheres que passam por essa experiência têm menos riscos de terem um aborto natural.

5. Só em seis semanas é que vai aparecer?
Geralmente com a segunda gravidez a sua barriga vai aparecer mais cedo. Os músculos do abdômen estão mais relaxados bem como os ligamentos do útero.
Com
seis semanas de gestação, o útero ainda está na cavidade pélvica mas está tomando espaço e os órgãos do abdômen estão "subindo" conforme o útero vai crescendo. Em mulheres magras já se nota a diferença. E, daí pra frente, muitas de suas roupas já não vão estar servindo mais. Aceite, não tente continuar usando o seu jeans, pode prejudicá-la por ser tão desconfortável. Use sempre roupas folgadas que não impessam nenhum de seus movimentos.

Tamanho do bebê: O seu bebê está medindo entre 2 e 4mm aproximadamente de comprimento. Essa medida é feita calculando-se a distância do topo da cabeça até o bumbum. Esse tipo de medida é usado pois o bebê passa a maior parte do tempo "sentado", ou seja, com suas pernas encolhidas, o que dificulta a medida da cabeça até os pés.
Com equipamentos apropriados, as batidas do coração podem ser vistas no ultrasom já na sexta semana.
A mãe: A tendência é você ter ganhado algumas gramas, ou até kilo até agora. Se teve enjôos e não conseguiu se alimentar bem, pode ser que você tenha perdido um pouco de peso. Você está grávida há um mês, nesse período, algumas mudanças já podem ser notadas em seu corpo. Se esta é sua primeira gravidez, seu abdômem ainda não deve ter mudado muito mas, você poderá (talvez) notar que algumas de suas roupas estão mais apertadas na cintura.
Desenvolvimento do embrião: Esse é o começo do período embriônico. Um período extremamente importante no desenvolvimento de seu bebê! Ele é, nesse período, muito sensível à fatores que podem interferir em seu desenvolvimento. Grande parte das malformações originam-se nesse período crítico.
Órgãos como os rins e o fígado, começam a ser formados. O tubo neural, o qual conecta o cérebro e espinha se fechará essa semana. Os intestinos também estão em desenvolvimento. Sua aparência está modificando e logo será possível visualizar braços e pernas.
Abaixo da abertura onde no futuro será sua boca, pequenas camadas podem ser observadas, essas são onde o pescoço e mandíbula inferior se desenvolverão. Nessa semana também, características faciais começam a se formarem. As narinas estão se distinguindo e a versão prematura das retinas oculares também estão sendo formadas.
Mudanças no seu corpo: Alguns incovenientes como
prisão de ventre e/ou queimação estomacal podem ser um incômodo no momento.

Sintomas, sinais e sensações
Importante: você pode apresentar todos ou somente alguns dos sintomas descritos.

Físicos:

  Ausência da menstruação;
  Cansaço e sonolência;
  Vontade de urinar com frequência;
  Náusea, vômitos e salivação excessiva;
  Âzia e dificuldade de digestão;
  Repulsa ou desejo por certos alimentos;
  Modificações no seio (inchaço, sensação de adormecimento, pesadêz, formigamento, escurecimento das aréolas, aparecimento de pequenas veias de cor azul sob a pele, devido ao aumento de irrigação sanguínea no seio);

Emotivos:

  Instabilidade emocional, similar à TPM (sindrome pré-menstrual): como por exemplo, maior irritabilidade, mudanças repentinas de humor, vontade de chorar;
  Apreensão, medo, alegria, excitação.

Como seu Bebê Cresce dentro de Você
Óvulo e Espermatozóide se encontram:
Aproximadamente no 14°  dia do ciclo menstrual, o óvulo feminino é liberado pelo ovário e se dirige ao utero através das trompas.  De seu encontro com o espermatozóide procede a gestação.

Óvulo fecundado se transforma em um embrião:
Depois de aproximadamente 6 a 8 dias após a concepção, o óvulo fecundado se implanta no utero materno e começa a ser chamado de embrião. Nesta fase, ele é formado por algumas centenas de células que serão as precursoras na formação de todos os futuros orgãos. 
O início de uma vida aquática:
Devidamente acomodado no utero, o embrião inicia a desenvolver os sistemas de formação da placenta e do cordão umbelical, que permitem que ele se adapte à vida aquatica dentro do utero até o momento de seu nascimento.

Qual é o aspecto do bebê:
Próximo ao final do primeiro mês, seu bebê é na verdade uma minúscula sementinha, menor que um grão de arroz, com aproximadamente 5 mm. Nas duas próximas semanas, iniciará a formação do tubo neural (do qual derivam o cérebro e a medúla), do coração, do aparelho digestivo, dos olhos e das orelhas, e dos braços e das pernas.

Algumas Possíveis Preocupações
Cansaço 
Muitas gestantes sentem nos primeiros meses da gravidez um enorme cansaço. Isso porque seu corpo está produzindo todo o complexo embrião-placenta, que é o sistema que servirá para sustentar a vida de seu bebê, e também está se adaptando a muitas outras necessidades físicas e emotivas da gravidez. Todo esse processo deve continuar nos primeiros três meses, por isso, se estiver se sentindo muito cansada considere como um fato normal e aproveite para descansar. Aproveite para relaxar sentada com os pés apoiados, aceite a ajuda de algum familiar nos cuidados com a casa, durma umas duas horas a mais por noite. Porém se o cansaço for excessivo, ou se for acompanhado de desmaios, palidez ou palpitações é importante comunicar ao seu obstetra.
Náusea Matutina:
As náuseas, assim como os desejos por certos alimentos, são uma daquelas verdades da gravidez que não se explicam… existem! Porém um terço das gestantes não sofre com os sintomas da naúsea ou do vômito. Para as outras gestantes que sofrem com a náusea, resta ao menos o consolo que não ultrapassa o terceiro mês, e raramente interfere com a alimentação ao ponto de afetar o feto. Muitas vezes ela pode aparecer em outros períodos do dia, como à tarde e à noite, ou mesmo durar o dia inteiro. Ninguém ao certo sabe definir a causa da naúsea, mas pelo menos existem algumas dicas para tentar aliviá-la: faça desde o início da gravidez uma alimentação mais saudável e balanceada; beba muitos líquidos (chás, sucos ou sopas) ou alimentos com alto teor de água (frutas e verduras); evite sentir o cheiro ou a visão dos alimentos que você já identificou que lhe causam a náusea; faça várias pequenas refeições ao dia, evitando ficar longos períodos de estomago vazio; durma bem para se sentir relaxada, e quando levantar de manhã cedo faça-o lentamente; não tome medicamentos contra a náusea sem antes falar com seu médico.
Estímulo a Urinar com Frequência:
No primeiro e último trimestre da gravidez, a maior parte das gestantes faz frequentes idas ao banheiro, e um dos motivos é o aumento representado pelo maior volume de líquidos corpóreos e pela maior eficiência dos rins. Outro fator é a compressão feita pelo utero, que começa a aumentar de tamanho, pressionando a bexiga.
Modificações no Seio:
O seio aumenta já no início da gravidez pela maior quantidade de hormônios produzidos no seu organismo, isso porque se está preparando para nutrir o bebê quando ele nascer. A aréola aumenta e escurece, e aparecem pequenas saliências ao redor, como também surge uma espécie de rede de pequenas veias azuis. A sensibilidade e a sensação de dor, que você sente no início da gravidez tendem a desaparecer no 3° ou  4°  mês. Durante toda a gravidez seu seio continuará a crescer e é muito importante o uso de um bom sutiã que lhe dê sustentação.
Complexos Vitamínicos:
Somente o seu obstetra, conhecendo seu estado de saúde, seu modo de vida e a sua alimentação, poderá estabelecer a necessidade ou não de receitá-las e qual o tipo e a dosagem aconselhada.
Aborto Espontâneo:
Quase toda grávida, em algum momento durante o primeiro trimestre da gravidez, experimenta uma sensação de medo e ansiedade só em pensar na possibilidade de abortar.
Muitas evitam inclusive falar sobre a gravidez até o quarto mês, quando começam a se sentir mais seguras. Normalmente, mesmo não gostando de pensar a respeito, o aborto espontâneo é uma forma que a própria natureza, genética ou não, encontra de selecionar um embrião ou um feto que tenha alguma anomalia. E estes receios são comuns a todas as gestantes, por isso, o melhor é pedir uma orientação completa ao seu ginecólogo, sobre os possíveis sinais de alerta e o que fazer caso eles ocorram. E lembre-se de cuidar bem de si mesma, evitando grandes esforços físicos, descansar e alimentar-se bem e desistir de certos hábitos prejudiciais como o fumo e o álcool. Cuidando bem de você, você estará cuidando bem de seu filho!

A Consulta Obstétrica
A primeira consulta obstétrica é a mais completa, pois seu médico irá recolher todas as informações sobre seu histórico médico e ginecológico, e também serão pedidos vários exames laboratoriais. Antes da consulta, tente se lembrar de todo seu histórico médico, como as doenças e as cirurgias que teve, sobre ao que é alérgica, sobre a história médica de seu marido e toda a família (doenças hereditárias), e sua história ginecológica (data das primeiras menstruações, duração do ciclo, etc). Inicialmente será feita a confirmação da gravidez, com os sintomas que você apresenta e a data da última menstruação, para se estabelecer a data aproximada do parto. Veja você mesma no Calendário Obstétrico quando será aproximadamente a data do parto. O ginecólogo irá também fazer uma avaliação completa de seu estado de saúde, examinando coração, pulmão, abdómen e seios; medirá também sua pressão arterial, seu peso e estatura; e verificará braços e pernas para ver a presença ou não de varizes ou inchaços; e fará também um exame ginecológico completo. Você deverá fazer também uma série de exames: hemograma completo, exame para determinar o fator Rh, exames de urina, papanicolau, exames para os anticorpos da rubéola, VDRL (sifilis), entre outros. Lembre-se: esta consulta é a primeira oportunidade que você tem para você expor suas dúvidas, medos e preocupações, sendo uma excelente ocasião para discutir com seu médico todos os argumentos que podem estar deixando-a ansiosa.

*A citação ‘Estou gravida?’ foi retirada do space abaixo através de pesquisa na internet.

By  http://amigasparasempre.spaces.live.com/

2º mês lunar

5ª semana

O zigoto já é chamado de embrião e mede 2mm.

O esqueleto do bebê começa a se formar, assim como o coração. O sistema nervoso central (base para o cérebro e medula espinha) e músculos ganham forma.

Com as alterações hormonais, as unhas das futuras mamães podem ficar mais resistentes. Poderá sentir vontade de urinar constantemente e isso a acompanhará a gravidez toda. Alterações no humor também podem aparecer.

Para aliviar o cansaço, alimente-se de modo balanceado e saudável. Nunca tome remédios, mesmo os quais esteja acostumada, sem consultar o seu médico. Eles podem atrapalhar no desenvolvimento do seu bebê.

Os enjôos são mais freqüentes, o olfato fica mais apurado por causa das alterações hormonais. Isso ocorrerá somente no primeiro trimestre da gravidez.

Para aliviar os enjôos, não fique muito tempo sem comer, coma pelo menos a cada três horas, evite gorduras e beba bastante líquido (não quando estiver enjoada).

Após o diagnóstico de gestação pela dosagem hormonal, o pré-natal já pode ser programado. Na primeira consulta, devem ser realizadas as investigações de possíveis queixas, a orientação quanto aos sintomas e a solicitação de exames laboratoriais de rotina para a identificação de possíveis patologias que possam gerar problemas no transcorrer da gravidez, como anemia, infecção urinária, sífilis, rubéola, toxoplasmose, AIDS, diabetes.

Atenção ao seu tipo sanguíneo
É bom saber o seu tipo sanguíneo, pois ele pode reagir com o sangue do bebê na hora do parto.

Se o tipo sanguíneo da mãe for Rh negativo e do bebê Rh positivo, na hora do parto esses sangues entrarão em contato. Se for a primeira gravidez da mamãe não haverá problemas, pois o corpo dela reagirá com a formação de anticorpos para o tipo de sangue Rh positivo.

Mas se for a segunda gravidez, os anticorpos já existentes da primeira gestação irão atacar o sangue Rh positivo do bebê, provocando eritroblastose fetal, que causará anemia profunda, surdez e deficiência mental no bebê.

Diante disso, a mãe deve procurar um médico para saber seu tipo sanguíneo e fazer exames no primeiro e último trimestre da gestação e se preciso tomar uma vacina para prevenir esse problema durante o parto.

Lembrete
É importante lembrar que o uso de tinturas, alisantes ou qualquer produto químico no cabelo é prejudicial ao bebê, pois substâncias entram na corrente sanguínea da mamãe e podem chegar até o feto.

Peça orientação ao médico de quais produtos e a partir de quando usar.

Ingestão de bebidas alcoólicas são desaconselháveis. Fumar cigarros ou estar perto de quem fuma também.

6ª semana

O tamanho do embrião é de 4mm. A medida é feita por ultrassonografia endovaginal, da cabeça ao bumbum, pois o bebê permanece encolhido em forma de “C” e não é possível medir por inteiro. Na última semana de gestação citaremos a medida total.

O coração, um minúsculo tubo, já começa a bater. O cérebro cresce.

Nesse período tem que tomar muito cuidado com seus hábitos e alimentação. Partes importantes estão se desenvolvendo e más formações podem acontecer. Coração, pulmões, fígado, intestino e rins estão se desenvolvendo. O tubo neural (parte que liga o cérebro com a coluna vertebral que está sendo delineada) se fecha. Características da face começam a aparecer.

Brotos dos membros superiores e inferiores estão em fase de formação.

A mãe pode notar que a cintura aumentou um pouco. É normal a futura mamãe se enjoar muito, não comer direito ou vomitar, podendo perder peso, mas algumas mulheres já começam a ganhar algumas gramas ou até quilo.

Enjôos ainda são freqüentes, azias e prisão de ventre podem aparecer como desejos por alguns alimentos e repulsas por outros.

Cuidados com o peso
Desde o início da gravidez é preciso muita atenção com a alimentação. É ela que garantirá o ótimo desenvolvimento e crescimento fetal. Mas boa alimentação não quer dizer “comer por dois!”.

Um ganho de peso exagerado aumenta as chances de sua gestação desenvolver complicações para você e seu bebê até durante o parto. Portanto, procure ganhar em torno de 1 a 1,5 quilo por mês.

Faça refeições balanceadas ricas em nutrientes, como cálcio, vitaminas, ferro, magnésio, iodo e zinco. Beba muito líquido, de preferência água.

Cuidados também para a mamãe que enjoa muito e chega a vomitar. Perda de peso é tão perigoso quanto exagerado ganho.

Nos dois casos, procure sempre seu médico para pedir orientações.

7ª semana

Nesta semana há um crescimento rápido. Ao fim da sétima semana o embrião pode chegar a 13mm e pode pesar 0,8g.

Pulmões, rins e órgão sexual interno estão quase formados. São perceptíveis à ultrassonografia endovaginal os olhos, orelhas e boca. O coração bate a 150 batimentos por minuto e já faz circular sangue pelo corpo.

O cordão umbilical desenvolve-se e a placenta está pronta. Os primeiros movimentos começam, mas ainda não são sentidos pela mamãe.

Mudanças no corpo da mulher ainda não são notadas pelas outras pessoas. Há o fechamento da passagem do colo do útero que tornará a abrir na hora do parto. Se a prisão de ventre for muito incômoda, tome muito líquido e coma alimentos ricos em fibras.

Exames extras
Existem exames específicos que servem para descobrir se há algum risco de o bebê nascer com problema genético ou congênito.

São exames escolhidos dependendo da idade e saúde materna e do histórico familiar do casal.

Converse com seu médico e verifique se são necessários para você.

8ª semana

O embrião chegará a 20mm esta semana e pode pesar quase 3g.

Haverá um rápido crescimento nas próximas semanas. As partes mais importantes já estão formadas, mas ainda não funcionam. Elas ainda crescerão e ficarão mais especializadas.

Formam-se os dentes e músculos faciais. Braços e pernas estão se alongando e os dedos estão visíveis. No caso dos menininhos, o pênis começa a aparecer e o esqueleto a se ossificar.

A mamãe pode sentir dor na parte inferior do seu abdome por causa do crescimento do útero ou de sua contração. O útero cresce, mas ainda não é perceptível por fora.

Enjôos e azias ainda podem aparecer.

Toxoplasmose
É uma doença transmitida por fezes de gatos e pombos.

Não traz prejuízos para a mamãe, mas pode causar problemas de visão, fígado e atrofia cerebral no bebê.

Faça exames antes de engravidar ou quando descobrir a gravidez para se fazer as prevenções possíveis. Se estiver tudo bem, previna-se da toxoplasmose lavando sempre bem as mãos e comendo alimentos bem cozidos.


* A imagem do feto retirei do space abaixo.

*As informações sobre a ‘Gravidez Semana a Semana’ retirei do site abaixo através de pesquisa na internet.

By http://guiadobebe.uol.com.br/gssemana/5_semana.htm, http://guiadobebe.uol.com.br/gssemana/6_semana.htm, http://guiadobebe.uol.com.br/gssemana/7_semana.htm e http://guiadobebe.uol.com.br/gssemana/8_semana.htm

 

Citação

No ventre da mãe bate um coração

 
A Gravidez Semana a Semana
 
Vamos apresentar um guia da gestante que traz informações sobre você e seu bebê durante toda a gestação, semana a semana.

Lembre-se sempre que cada bebê se desenvolve de uma maneira única, sua gravidez não será igual de sua amiga, por exemplo. São informações generalizadas do que normalmente ocorre em cada período da gestação. Nunca substitua sua consulta médica baseando-se somente às orientações deste guia. Use o guia para complementar a consulta com seu médico.

Por que sua conta nunca bate com a conta do médico?

O médico começa a contar desde o primeiro dia do último período menstrual (quando a mulher não sabe dizer o dia exato da concepção), ou seja, provavelmente duas semanas antes do óvulo ter sido fecundado. O cálculo também é feito por semanas, ao invés de meses. Por exemplo, 4 semanas é igual a 28 dias, que resulta em um mês lunar. Diferente de um mês que você está acostumada, que em geral tem 30 ou 31 dias, o que dificulta a contagem. Portanto, para este serviço iremos considerar que a gravidez dura em média 280 dias ou 40 semanas.

O pré-natal é muito importante para que se tenha uma gravidez tranqüila e um ótimo desenvolvimento do seu bebê. A primeira consulta acontece quando você ainda suspeita da gravidez e segue por acompanhamento mensal, quinzenal a partir de 32 semanas, e semanal a partir de 38 semanas se tudo ocorrer sem problemas.

Conhecer as transformações e sintomas que ocorrem no seu corpo durante a gravidez é estar preparada para viver essa fase segura e tranqüila.

ATENÇÃO! A medida do bebê dentro da barriga da mãe, que será informada aqui, é a media feita da cabeça do bebê até o bumbum (céfalo-caudal), pois o bebê permanece o tempo todo encolhido e forma de "C".

1° Mês Lunar
 
1ª semana

A primeira semana é a semana da sua última menstruação, já que o médico não consegue saber com exatidão o dia da concepção.

A ovulação, ou seja, a liberação do óvulo pelo ovário, ocorre 14 dias antes da próxima menstruação. Em ciclos menstruais de 28 dias, ocorre na metade.

Assim, o corpo começa a se preparar para receber um novo óvulo que poderá ser fecundado. Dentre as modificações maternas, o endométrio, camada mais interna do útero, prolifera para receber o ovo (óvulo fecundado) e o muco cervical torna-se menos consistente, facilitando a passagem dos espermatozóides através do colo uterino No dia da ovulação, o corpo pode ter sua temperatura elevada em 1°C. O óvulo liberado pelo ovário migra para a trompa.

O melhor é planejar a vinda do bebê, pois assim poderá evitar o uso de fumo, drogas, bebidas e anticoncepcionais no início da gravidez que podem trazer prejuízos ao desenvolvimento do bebê, preparando o seu corpo para que receba o embrião da melhor forma possível.

A importância do planejamento da gravidez

Existem ações que são feitas antes mesmo da gravidez começar que ajudam na prevenção de doenças.

Uma delas é a ingestão de ácido fólico três meses antes da concepção e no primeiro trimestre da gravidez. Essa atitude traz maiores benefícios para o fechamento do tubo neural do bebê e previne contra a chamada anemia macrocítica. O ácido fólico é encontrado em alimentos como brócolis, espinafre, gema de ovo, fígado, feijão, peixes, mas em quantidades insuficientes para suprir as necessidades da mulher que deseja engravidar.

Se o tubo neural não se fechar completamente provocará defeitos na coluna vertebral e problemas no desenvolvimento neurológico do bebê. A ultrassonografia de 2º trimestre é importante no diagnóstico de patologias associadas ao fechamento do tubo neural.

Às vezes só com alimentação a ingestão de ácido fólico não é suficiente. Seu médico saberá te indicar a dose certa.

2ª semana
 

A fecundação, isto é, o encontro do óvulo com o espermatozóide, ocorre ao fim da segunda semana geralmente na trompa.

Um único espermatozóide, de milhares contidos no sêmem do homem, é capaz de fecundar o óvulo. Nesse momento, as características físicas do seu bebê são definidas como a cor dos olhos e cabelo, sexo e estatura.

O ovo ou zigoto, como o óvulo fecundado é denominado, passa a se dividir em milhares de células enquanto se dirige ao útero que se prepara para recebê-lo tornando-se mais espesso.

Álcool
O álcool usado excessivamente durante a gravidez traz sérios prejuízos ao desenvolvimento do seu bebê.

Uma mãe alcoólatra pode causar no seu bebê a "Síndrome fetal pelo álcool", que tem como seqüela o retardo mental.

Bebida alcoólica para a mamãe é desaconselhável.

 
3ª semana

Nesta semana o zigoto se implanta no endométrio (revestimento do útero) podendo ocorrer um pequeno sangramento que não prejudica a gravidez ou um corrimento vaginal intenso.

O zigoto continua a se multiplicar e desenvolver rapidamente. A partir do momento em que se implanta no útero, começa a formação da placenta.

A placenta alimenta o bebê durante toda a sua estadia dentro do útero. Ao fim da gravidez, esta pode chegar ao peso de 400g.

Se a mãe pudesse ver esse pequeno aglomerado de células, o tamanho seria de uma cabeça de alfinete.

Nenhum sintoma é sentido pela mãe ainda. Só uma mulher que conhece muito bem seu corpo e estiver muito atenta a qualquer sintoma diferente saberá que está grávida.

Cigarro
Ficar longe dos cigarros e de pessoas fumantes é a melhor opção da futura mamãe. Os cigarros além dos prejuízos para a mamãe podem causar aborto, partos prematuros e baixo peso ao nascer, mesmo que o bebê não seja prematuro.

Precisa de mais para ficar longe dos cigarros? Claro que não.

 
4ª semana

A menstruação esperada não aparece. Aqui a suspeita da gravidez começa. Alguns sintomas podem começar, tais como seios doloridos e inchados, escurecimento da aréola, cansaço, sonolência e náuseas.

O zigoto mede um pouco mais de 1mm. Ele começa a se dividir em três tecidos diferentes (folhetos germinativos):

- ectoderma – que futuramente será pele, cabelos, olhos, esmalte dos dentes e sistema nervoso

- mesoderma – se transformará em esqueleto, músculos, rins, coração e vasos sangüíneos

- endoderma – formará os pulmões, fígado, sistema digestivo e o pâncreas.

A placenta ainda se desenvolve. Ela trará oxigênio e nutrientes para o embrião, além de produzir os hormônios da gravidez (progesterona e estrogênio). Ela está ligada ao embrião pelo cordão umbilical, em formação como a rede vascular, que fará trocas com o sangue materno.

Ao fim dessa semana, o zigoto apresentará também um tubo neural (que será o sistema nervoso), notocorda e intestino primitivo (arquêntero). O embrião estará alojado na parte superior do útero envolvido por uma bolsa cheia de líquido amniótico chamada de saco gestacional, que o protegerá de traumas e infecções até a 12ª semana ou 3 meses.

O líquido anmiótico se renova a cada seis horas e chega a 1 litro ao fim da gravidez.

Confirmação
A confirmação da gravidez pode ser diagnosticada através de exames de urina ou de sangue.

Todos têm grandes probabilidades de acerto, mas o exame de sangue é o mais precoce e confiável (a partir de 15 dias da concepção).

Tanto na urina como no sangue é identificado o hormônio gonadotrofina coriônica que só a placenta produz.


* A imagem do feto retirei do space abaixo.
 
*As informações sobre a ‘Gravidez Semana a Semana’ retirei do site abaixo através de pesquisa na internet.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.